TEMPERATURA

TERMOPARES

Descrição

TERMOPARES

O aquecimento de dois metais diferentes com temperaturas diferentes em suas extremidades. Um termopar ou par termoelétrico consiste de dois condutores metálicos de natureza distinta, na forma de metais puros ou ligas homogêneas. Os fios são soldados em um extremo ao qual se dá o nome de junção de medição; a outra extremidade, junção de referência é levada ao instrumento medidor por onde flui a corrente gerada.Convencionou-se dizer que o metal A é posítivo e B é negativo, pois a tensão e corrente geradas são na forma contínua (cc).

Tipos e características:

Tipo T: Cobre (+) / Cobre-Níquel (-).
Estes termopares podem ser usados em atmosferas oxidantes (exceto oxigênio), inertes (neutras), redutoras (hidrogênio e monóxido de carbono), e no vácuo, na faixa de temperatura de -200 a 350ºC.

Tipo J: Ferro (+) / Cobre-Níquel (-).
Podem ser usados no vácuo, em atmosferas oxidantes, redutoras e inertes, na faixa de temperatura de 0 a 760ºC. Sua principal característica é o baixo custo.

Tipo K: Níquel-Cromo (+) / Níquel-Alumínio (-).
Este termopar é mais utilizado na indústria em geral, por causa da sua resistência à oxidação, e por isso são utilizados em temperaturas superiores a 540ºC. Sua faixa de temperatura é de -200 a 1260ºC.

Tipo N: Níquel-Cromo-Silício (+ / Níquel-Silício (-).
Sua faixa é igual ao termopar K, porém com a vantagem de ter estabilidade, resistente à corrosão e mairo vida útil no processo. Sua faixa de temperatura é de -200 a 1200ºC.

Tipo E: Níquel-Cromo (+) / Cobre-Níquel (-).
Este  termopar  é  usado na faixa de -200 a 870ºC, sem o risco de contaminação por  umidade. Indicado para uso de baixa temperatura.

TERMOPARES ISOLAÇÃO MINERAL 

 

TERMOPARES FLEXIVEIS

Rua Paulo Marques, 153D, Centro | Chapecó | SC | Fone: 49 3330-9100 | Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.